Review: Wolf Guy – Ookami no Monshou – (Mangá)

Para variar um pouco das coisas de programação eu costumo também ler mangás, e um dos que já tinha começado a ler a um bom tempo (creio que a mais de dois anos) foi esse tal de Wolf Guy.

Enredo

A história começa com uma professora que acaba presenciando um o assassinato brutal de um jovem, e em seguida ela desmaia.
A surpresa é que depois de voltar a si, ela descobre que os “assassinos” foram seriamente feridos e que o suposto jovem assassinado está vivo e é o novo aluno transferido para sua escolha, esse jovem é o personagem principal que se chama Akira.

Pontos Positivos

  • A história é muito boa, é bem original em diversos pontos, e consegue te prender muito bem.
  • Os traços do mangá são fortes, o que para uma historia de ação ajuda muito (não chegam a ser traços como o de Hellsing em que algumas vezes é impossível dizer que raios está acontecendo, são fortes, mas deixam bem claro o que ta se passando na cena) e o autor brinca bastante com a luz, fazendo cenas bem interessantes.
  • Outro ponto muito positivo é a sacanagem. É recheado de sacanagem, tem cenas bem explicitas e bem desenhadas (não preciso nem dizer que o mangá é pra maiores de 18 anos né?).


Pontos Negativos

  • Bem, o único ponto negativo que posso dizer é que no a serie tem 12 volumes (isso já acabou), mas o final dos dois últimos são completamente “WTF!?”.
  • Parece aquele caso em que a popularidade do mangá ta caindo e o autor decide terminar deixando pontas soltas pra você preencher, só que as pontas soltas que ele deixa são tão soltas que o final fica de certa forma perdido pro leitor.

Basicamente é isso, uma historia cheia de ação, luta, sangue, sacanagem, mais sangue, mais sacanagem, mais sangue e sacanagem e lobos.
OBS: Tem uns temas bem pesados também, quem não aguenta ler historia com temas fortes como assédios sexuais, bullings violentos e etc, é melhor nem começar a ler…

Abraços.

About arruda

Adoro programar, descobrir novas frameworks ágeis e suas diversas aplicações.