Resenha: Prince of Thorns

Ganhei esse livro de presente a algum tempo da minha namorada, e fiquei muito ligado na historia dele, por isso decidi fazer um resenha sobre ela.

A Historia

A história vai se desenvolvendo a partir de um evento que ocorre na vida do personagem principal, o príncipe Jorg Ancrath, no qual a carruagem onde estão ele, sua mãe e seu irmão é atacada por seu tio, rei das terras de Renar. Mas, para sua sorte (ou azar), ele é salvo por um guarda de sua família, que o joga para longe da carruagem. Eu digo azar, por que o garoto foi cair logo em uma roseira. Por fim, ele preso pelos espinhos que vão entrando em sua carne, cortando seus ossos, testemunha enquanto todos os que estavam na carruagem são mortos.

Não preciso nem dizer que isso deixa o garoto bem traumatizado, já que afinal ele tinha (se não me engano) 9 anos de idade, e a partir daí o garoto sofre uma grande transformação, se tornando um verdadeiro amante da guerra, e da destruição e essas coisas aí:

“War, my friends, is a thing of beauty”

― Honorous Jorg Ancrath

Depois desse episódio o livro vai quatro anos no futuro, onde o príncipe lidera um bando de mercenários bem “gente boa”, e ele começa a bolar uma série de planos para se tornar rei, e por fim se tornar imperador de todos os reinos (algo que ninguém conseguiu ainda).



O Mundo


Não vou falar muito, por que não quero dar spoilers, mas o mundo dele é muito interessante, é bem parecido com o nosso, é cheio de intrigas e guerras, mas tem um misto de magia e coisas ocultas, como Bruxos dos Sonhos, Magos do Fogo, mortos-vivos, Necromantes e por ai vai.

Trilogia

O livro faz parte de uma Trilogia dos Espinhos (em inglês é The Broken Empire), que é como o primeiro livro muito boa.
Até o momento li o primeiro e o segundo livro: The Prince of Thorns e The King of Thorns, e posso dizer que ambos são muito bons, principalmente os trechos entre os capítulos, em que é como se o personagem principal estivesse conversando com o leitor, e em cada um dos trechos ele fala sobre alguém da “gangue” dele, sempre de uma forma irônica e que ajuda a entender a personalidade dos outros personagens (os mercenários) que andam junto dele.

O ultimo livro é o The Emperor of Thorns, que eu ainda não pude ler por conta do preço, mas imagino que seja muito bom também.

A Qualidade do Livro

Eu não comprei o livro físico, nem a edição brasileira ou americana. Acabei comprando o livro para ler no Kobo.
Mas quando fui ver a edição brasileira… puts… me arrependi um pouco (só um pouco, por que o preço na época era R$ 50,00 pelo livro, enquanto no Kobo era de R$ 14,00).
Mas se for levar em consideração todo o trabalho e acabamento, e etc que foi feito no livro (publicado pela DarkSide), então o preço vale muito a pena!

Conclusão

Recomendo muito a comprar esse livro impresso na edição brasileira, que vocês não vão se arrepender!

Eu mesmo ainda estou pensando (se minhas finanças ajudarem) a comprar o livro, só para ter ele (de tão boa que achei a edição).

Abraços.

About arruda

Adoro programar, descobrir novas frameworks ágeis e suas diversas aplicações.